terça-feira, 1 de setembro de 2009

Não acredito...

Caríssimos tricolores, viramos chacota. Cuca já é brincadeira! Querem destruir nosso Fluminense. Coincidentemente, é a mesma ordem de treineiros do segundo semestre do ano passado. Depois do looser Cuca e seu irmão Cuquinha (rs) deve vir René Simões. Só não acredito na mesma sorte para este ano.

Nossa diretoria ultrapassou os limites da incompetência. Horcades e sua patota desrespeitam o Fluminense Football Club. O que eles pensam? Que o Cuca com aquela cara de coitado vai motivar nosso elenco, já entregue e sem esperanças? Piada de mau gosto, só pode ser.

Agora, nosso elenco está super inchado (cerca de 37 jogadores) na mão de um maluco que improvisa beque central na ponta esquerda. Planejamento é palavra proibida nas Laranjeiras. Nosso amado clube está em queda livre, e na mão desta diretoria amadora não sei onde vai parar.

Tínhamos Carlos Alberto Parreira, tricolor, campeão. Com seu primeiro salário no Flu, montou uma academia nova para os jogadores. Estava enxugando o elenco, movimentando-se para a construção de um CT. Montando um time, reparando cagadas anteriores. Ficamos sem tudo isso, e agora com Cuca no comando... Essa é para entregar os pontos.

Tricolores, associem-se PELO AMOR DE DEUS!!! Diretoria corrupta e incompetente, DEVOLVA NOSSO FLUMINENSE!!!

Um comentário:

Rodrigo disse...

O futebol carioca está em franca decadência não é de hoje. Dentro e fora de campo.

Qual foi o último craque revelado no Rio??? Edmundo, há 17 anos atrás???

Os clubes cariocas eram referência em preparação física, Parreira, Achilles Chirol, Paulo Amaral, Cláudio Coutinho ... hoje, os preparadores são todos importados.

Medicina Desportiva ... Lídio Toledo foi um pioneiro, Arnaldo Santiago ... hoje, jogador que tem juízo e preza sua carreira vai se tratar fora ... Runco só vive de nome ...

Não há espaço para 4 grandes no Rio, a tendência é um desaparecer.

Vasco tem um bom estádio. Botafogo vai faturar com a interdição do Maraca e todo mundo tendo que ir jogar no Engenhão. Flamengo, se não fosse tão bagunçado, seria o maior clube do país.

O Flu é o que tem menos patrimônio entre os 4. Nossa sede social está espremida pela especulação imobiliária. Não temos estádio. Não se pode fazer nada ali, o imóvel é tombado.

Nosso maior e talvez ÚNICO patrimônio é a torcida que, desrespeitada e humilhada, diminui a cada dia.

Por isso que eu digo, o rebaixamento NÃO é o fundo do poço. Acorda, Fluminense.