quinta-feira, 26 de julho de 2012

Os 4 pecados de Abel


Tricolores e hereges de outras cores,

Tenho andado sem tempo pra escrever, mas otimista com o tricolor. Tenho notado o time com uma consistência, um equilíbrio maior do que o dos últimos anos. Isso está refletido nos números: Temos a melhor defesa e o segundo melhor ataque do campeonato.

Mas antes que eu tivesse tempo de tecer esses elogios, o Fluminense me desmentiu.

Abel cometeu ontem 4 erros fatais, que nos valeram a primeira derrota no campeonato. O primeiro deles, menos grave, foi o de escalar o time em um esquema novo, com 3 zagueiros e 2 volantes. Digo menos grave porque, em um primeiro momento, eu também pensei que poderia dar certo. Mas, após o primeiro tempo, eu já não tinha a mesma fé. E esse foi o segundo erro: talvez confiante na conversa do vestiário, Abel voltou com o mesmo time pro segundo tempo.

Gravíssimo, porém, foi o terceiro erro: não mudar o time após os primeiros 15 minutos do segundo tempo. Ali estava claro que o time não tinha melhorado, que a pressão do adversário se tornava cada vez maior, e que o gol adversário era questão de tempo. Abel esperou ver a casa arrombada pra tomar providência.  

E ai veio o último erro. As mexidas foram péssimas, bagunçaram tudo. Abel encheu o time de atacantes, e sem ter um meio-campo capaz de fazer a bola chegar até eles, passou a apostar na ligação direta. A desorganização era tanta que no fim Leandro Euzébio (nosso único zagueiro em campo) se mandava pro ataque enquanto o Wagner ficava na zaga... Assim como acontecia no ano passado, começamos o jogo cheio de zagueiros e terminamos cheio de atacantes.

Vida que segue. Não há motivos para preocupação. 25 pontos em 12 jogos é uma excelente marca. Se continuarmos com esse aproveitamento até o fim do campeonato, certamente seremos campeões. Até porque os dois times que estão na nossa frente têm tradição de entregar a paçoca no final.

ST

P.S.: Que tal um selecionado do RJ, com Jeferson, Leo Moura, Gum, Dedé e Felipe. Renato, Seedorf, Juninho e Deco. Wagner Love e Fred? 

5 comentários:

Marcelo Braga disse...

Abel foi totalmente incoerente. Ele mesmo vinha dizendo que não tinha que inventar ao escalar substitutos aos titulares impedidos de jogar. Só que ontem ele fez tudo ao contrário do que estava sendo feito e deu no que deu.
Creio que ele deve ter aprendido a lição, pois com o Wagner no lugar do Deco e Fábio no lugar do Jean, ganharíamos o jogo no Olímpico tranquilamente.

ST!

El Rafo Saldaña disse...

Felipe na lateral esquerda? Não sei se é a melhor opção (se bem q os outros postulantes também não enchem os olhos...)

E Gum é piada, né?

Renato Saldanha disse...

Gum é o melhor zagueiro do Rio na atualidade. Dedé entrou só pelo passado.

Renato Saldanha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcelo Braga disse...

Caso o Saldanha tenha visto o jogo de ontem no Municipal do RJ, ele concordará contigo, Renato.