sexta-feira, 18 de junho de 2010

Boa sorte, menino

Cruzmaltinos desse planeta,

foi com grande pesar que eu li a notícia da saída do garoto Souza, para o Porto, de Portugal. Ainda não foram divulgados os valores da transação, mas posso adiantar que foi pouco pelo futebol do nosso volante. Destaque nas categorias de base, alguns cornetarão e dirão que o futebol do jogador oscilou durante essa temporada. Ora, o futebol de todo jogador oscila, alguns mais, outros menos, mas pr'um menino de 20 anos, Souza é de uma constância invejável. Os portugueses estão ansiosos com sua contratação, e não vão se decepcionar. Com sua saída, o Vasco perde muito em opções para o meio campo. Sabíamos que esse dia chegaria: as condições financeiras do club não permitem que seguremos os nossos craques por muito tempo, mas eu esperava que conseguíssemos segurá-lo ao menos até o final do ano. Sentirei saudades de seu toque refinado, assim como sinto saudades das arrancadas de Alex Teixeira e de ter Alan Kardec como opção no elenco. Fosse em outros tempos, já saberíamos metade da escalação do Vasco de 2012. Hoje em dia, Portos e Internazionalles buscam nossos craques cada vez mais cedo.
Só posso desejar sorte para esse menino, que é craque. Só espero que o futebol português não o esconda, pois a seleção ainda vai ganhar muito com esse garoto usando a camisa número 8.

.
O pensamento de Rodrigo Caetano ao assumir o futebol do Vasco era vender pelo menos um menino da base por ano. É triste, mas é um pensamento correto. É assim que Cruzeiro, Grêmio e São Paulo fazem dinheiro. A bola da vez agora é o jovem Allan. A tendência é que ele tenha agora mais oportunidades de mostrar seu futebol nos próximos meses. É um bom jogador, mas com um estilo diferente do de Souza. Souza é mais clássico, joga de cabeça erguida e cadencia o jogo. Allan é mais aguerrido, joga com vontade incansável, embora também tenha habilidade para muitas vezes jogar até como meia. Boa sorte para esse menino também.


Apesar de nenhuma nota oficial, especula-se que Souza tenha saído por algum valor em torno de R$8 milhões. E que esse valor seria revertido para aquisição do meia Carlos Alberto em definitivo. Como eu já disse, acho desperdício. Preferia que esse dinheiro servisse para reforçar nossa zaga. Mas confio na competência de Rodrigo Caetano.

Um comentário:

jefhcardoso disse...

É meu caro, futebol também é negócio.
Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com