quinta-feira, 12 de setembro de 2013

O outro lado da balança alvinegra

Caros Alvinegros,

Sabem aquele sentimento de que alguma coisa pode desandar? Eu tenho. Sabem aquele sentimento de que a sorte pode faltar? Eu tenho. Sabem aquele sentimento de que pode haver uma força maior em uma equipe rival? Eu tenho. Sabem o que é isso, amigos? São coisas que só podem acontecer ao Botafogo. Coisas que só acontecem com o Botafogo.

Mas eu não torço para o Botafogo à toa. Eu não escolhi torcer para o Botafogo, ele me escolheu. Me escolheu porque sabe que eu não faltarei com ele, que eu não o abandonarei, como nunca abandonei nesses 34 anos de vida. Mas, leitores, tenho visto uma sucessão de eventos e ventos a nosso favor que estão pesando mais para o outro lado da balança, aquele lado que me faz mais crer do que duvidar. Gols nos acréscimos, golaços de jogadores que são mais esforçados do que craques e uma sucessão de revelações de nossas bases preenchendo espaços deixados por jogadores lesionados, suspensos ou convocados para suas seleções.

Mas mais do que tudo que vem acontecendo com o Botafogo esse ano vejo algo muito maior: uma identificação dos jogadores com o clube e a torcida. Há muito tempo não enxergava isso. Esse ponto é fundamental para qualquer conquista.

Um comentário:

Cristiano Riani disse...

Sem duvida nenhuma Rodrigo esta sensação sempre nos perseguiu, mas destaco que tudo que o Botafogo conquista é EPICO, como esta sendo esta campanha de agora! Como foi em 89 e 90. Como foi em 95 onde todos ja davam o Santos do Geovani cabelo de Fogo como campeao! Como em 2010 onde assistimos juntos e pasmos a cavadinha de Loco Abreu e como foi este ano a conquista em dois turnos com show do maestro Sedorf. Xingamos o rafael Marques e ele hoje e essencial, odiamos o Oswaldo e hoje ele e um dos melhores do Brasil, taxamos o Vitinho de fominha e ele tinha de tudo pra ser a grande revelação do campeonato e de repente, os deuses do Futebol nos presenteiam com mais um jogador promissor. Por essas e outras que acredito, o sentimento e verdadeiro e o clima e favoravel...Não somos ricos como o Cruzeiro mas temos a força dos humildes, homens que travam a cada jogo uma verdadeira batalha! Ontem eu sabia que o Gol ia sair nos minutos finais eu senti, eu acreditei...E não poderia ser contra a gente...Nao de novo não....Ja aprendemos que a melhor defesa e o ataque!!! Vamos com calma e cautela, mas com muita vontade de ser campeao!!!! Da-lhe FOGO!!!!