domingo, 11 de abril de 2010

Luto

Cruzmaltinos desse planeta,

perder faz parte do jogo. Se nosso time sempre vencesse, não faria sentido torcermos. Algumas das maiores vitórias começam a ser arquitetadas num momento de derrota. Se analisarmos posição por posição, a equipe do Flamengo é inegavelmente superior à nossa. Não foi por acaso que eles venceram o campeonato brasileiro e disputam com chances à Taça Libertadores da América.
Por isso mesmo, não precisava ser assim. Não precisava ter sido com a ajuda do sempre presente décimo-segundo jogador: aquele que vestia amarelo e soprava um apito. E como soprou mal. Élton fazendo gol de cabeça enquanto o anão Juan dá pirueta? Não pode! E o que vale então, seu João Batista Arruda? Ah! Vale pular e cavar pênalti, Léo Moura! Vale cortar com o Braço, Willians! Tá valendo tudo! Não se preocupem, garotos!
Como eu disse, o Flamengo podia ter saído vencedor. Não jogamos bem. Nossa defesa continua errando a linha de impedimento de forma infantil. Não conseguimos penetrar na muralha de 8 homens que os mulambos montaram em frente à área, com a certeza de que os contra-ataques seriam recompensados pela arbitragem.
O nosso colega Felipe Hutter disse que tinha vergonha de ser derrotado pela medíocre equipe do Botafogo. Como eu disse nos comentários, é pra ter mesmo. O Botafogo com sua equipe ridícula terá uma única chance de ser campeão na semana que vem. E aposto que vai desperdiçar. E aí, um abraço. Como eu disse, é uma equipe horrorosa que dá vergonha ser derrotado por ela.
Já o jogo de hoje foi um fenômeno raro, diferente. Não temos que ter vergonha por ter perdido o jogo. Pelo contrário, eles é que deveriam ter vergonha de vencer dessa maneira.

POST-SCRIPTUM:
Vendo a reportagem safada do Fantástico, eu peço a quem entende de física: quanto de força precisa Élton pra empurrar - com um só braço - o Juan, que pesa 68kg? E pro Márcio Careca, também com uma só mão, derrubar Leonardo Moura, que pesa 65kg? Teriamos dois "Hulks" em nossa equipe? Ou será que é a imprensa safada atuando como décimo-terceiro jogador?

10 comentários:

Larissa G. disse...

Hoje, a arbitragem mostrou que não é tão preparada para um Clássico como VascoxFlamengo.

PCFilho disse...

Hoje a arbitragem mostrou quem será o campeão.

Felipe Hutter disse...

Nunca terão vergonha de vencer roubado. Até parece que não conhece mulambo.

Diogo Britto disse...

adoro vascaíno reclamando que o juiz é que vai dar o título pro flamengo... alguém aí consegue lembrar da última vez em que um ábrito marcou dois pênaltis contra o flamengo no msm jogo? puxa, que memória ruim essa minha...

agora, quanto ao post do saldanha: não entendo de física, mas entendo de futebol... então, posso dizer o seguinte:

1) a zaga do vasco é a mais fraca dos times grandes do brasil;
2) o penalti no leo moura foi mandrake msm;
3) o jogo foi movimentado, mas mto fraco tecnicamente. poucas chances, pouca inspiração. muita correria e contra-ataque, mas pra quê? do vasco, só lembro a bola da trave do coutinho (joga muito, mas hj não deu uma dentro, coitado). do flamengo, só lembro os gols.

ah, é... mas só precisa de gol msm.

Felipe Thiroux disse...

O Vasco foi mesmo prejudicado mas se agarrar somente a isso pode ser muito nocivo para o Vasco.
Vascão esse ano vem mostrando o mesmo futebol desde a primeira partida: o meio-campo com volantes habilidosos consegue dar uma boa posse ao time mas o ataque não consegue criar oportunidades (problema que se agrava muito quando o Carlos Alberto não joga) e a defesa é fraca e vai dar sempre sua vacilada. Foi assim em todos os clássicos e a % de posse de bola faz parecer que o time jogou bem, dominou, mas deu azar, não é por aí...

Felipe Thiroux disse...

Mancini percebeu isso na final da Taça Guanabara (até porque contra o Flu o futebol apresentado foi igual, mas a gente ainda conseguiu vencer) e tentou mudar o time pra acertar esses problemas. Testou 3 zagueiros pra reforçar a zaga, testou 2 meias de armação pra melhorar o ataque, fez rodar quase todo o elenco no time titular... todas as tentativas se mostraram ainda pior, o time se perdeu e o treinador acabou caindo. O problema torna-se óbvio: elenco.
 
Mas eis que o discurso do Vasco após a derrota é por a culpa no juíz e daí vem meu medo. Será que a diretoria está jogando pra galera ou está se enganando com os falsos domínios de jogo do Vasco? Acredito que seja a primeira hipótese, até porque a torcida do Vasco anda carente, facilmente vira as costas pro time
e toda essa teoria de perseguição une mais a todos, dos jogadores a torcida. Mas não pode começar a acreditar na pra própria mentira, é preciso se movimentar pra trazer reforços. Um meio-campo habilidoso já é uma boa base mas agora é preciso procurar reforços na defesa e principalmente no ataque. Faz-se urgentíssimo mais um meia criativo (acreditava muito na vinda do Juninho, acho que ele melhoraria esse time em mais de 50%, mas parece cada vez mais certo que ele não vem) e um atacante mais decisivo. Dispensar o Dadó seria uma boa, essa espectativa de que o 'craque' um dia vá despertar pra vida impede o time de procurar soluções que realmente resolvam.
 
Saudações vascaínas,

El Rafo Saldaña disse...

O Diogo é um fanfarrão. Ngm falou q o jogo foi bom. Como eu mesmo disse no texto, o Vasco foi mal. Mas, mesmo tendo ido muito mal, era pra ter saído de campo com um 3x1 sobre o Flamengo. É óbvio que o homem de amarelo desequilibrou. E a zaga do Vasco é do nível de patetice da zaga do São Paulo, que tb decidiu entregar o título pro Santos. E não é muito pior do que a do Flamengo.
Pra mim (escreverei isso em uma coluna futura) o time do Vasco precisa de reforços, mas não são tanto quanto alguns pintam. Seria possível fazer esse time campeão brasileiro com 3 contratações (daquelas, mas seria possível). Pra mim, com um zagueiro experiente e bom (sonho de consumo: Luizão), um meia de criação pra dividir a função com Carlos Alberto e um atacante que não seja uma enganação como o Ricardo Lucas, podemos ir longe.

Rafael Venâncio disse...

Os vascaínos deveriam ter vergonha na cara de chamar a torcida botafoguense de a mais chorona.

Felipe Hutter disse...

Venâncio, uma coisa é reclamar da arbitragem outra é ir o time inteiro para a coletiva e chorar copiosamente.
Chorão com lágrimas só botafoguense.

rafael botafoguense disse...

time do vasco é mó merda também,cara.

já o botafogo tem um técnico que saca mais que os dos outros times.Por isso chegou.