segunda-feira, 29 de março de 2010

Ressuscitem o mestre Nogueira

E não o Vasco. Ridícula a derrota de ontem. Não pela Instituição Vasco da Gama, historicamente respeitável. Humilhante é ser derrotado por um cadáver, gelado, sem comando, desacreditado pela própria torcida. Só através de um somatório de erros - Cuca, Rafael, Alan, Souza Nery...

Não ganham do Olaria, do Americano, do Sousa da Paraíba. Mas ganham do Fluminense, o que tem sido rotina nos últimos anos. E nos deparamos com comentários esdrúxulos como “perdeu quando podia perder”, “não é momento de desespero”, “o Flu estará na final”, etc etc.

Mas e os fatos? Baseado em que dizem isso? Sinceramente não sei.

O que vi na temporada 2010 foi um time apático até agora, arrogante em muitos momentos. Que ganha das marmotas e logo depois ressuscita defunto. Que faz tudo certo no primeiro tempo e se apequena no segundo. Que ostenta a alcunha de guerreiro mas não derrama uma gota de suor.

Deixem de lado as frases de efeito, lutem para merecê-las. Ainda não tem nada perdido, mas a postura precisa ser diferente.

ST

6 comentários:

El Rafo Saldaña disse...

É o que eu disse láááá atrás: nem só de motivação vive um time... Só não entendi vc culpar o juiz. Se não foi ótimo, pelo menos não comprometeu. No mais, ainda preciso de outras vitórias pra ficar realmente confiante quanto ao rumo do Vasco...

PCFilho disse...

O juiz comprometeu e muito!!!

Mas o Fluminense perdeu no detalhe. O jogo foi equilibrado.

Minha crônica sobre o jogo se chamou "Não é hora para desespero". rsrsrsrsrs!

ST!

Felipe Hutter disse...

Não entendi seu comentário, Saldanha. Lembro vc dizendo que a motivação do ano passado não seria suficiente para o Flu ganhar títulos esse ano. Eu acho o time competitivo, mas falta justamente o espírito da arrancada de 2009 para que as coisas aconteçam.

Caro PC, li e comentei seu tópico. Só acho que a situação não está tão tranquila como a maioria dos tricolores pensa.

ST

El Rafo Saldaña disse...

Eu acho q o time do ano passado era SÓ motivação. O desse ano é um pouco melhor, e com aquela motivação, poderia dar trabalho. Mas a motivação acaba. Isso q eu disse naquele texto antigo: ficar contando com o extraordinário (uma motivação inabalável vinda não se sabe de onde) é receita pro fracasso.

E dizer que o juiz comprometeu só pode ser piada. Ou será q eu não reparei e as faixas do adversário de domingo eram pretas e brancas?

Felipe Hutter disse...

Digo que o juiz falhou só por um chute na cabeça do Cassio dentro da área e a falta da expulsão do Leandro Eusébio, que parece não ter tocado em Dodô...
Mas acho que o Vasco ganharia do mesmo jeito. O Flu perdeu por um somatório bem grande de erros, muitos deles dos próprios jogadores e do técnico.

El Rafo Saldaña disse...

Esse chute na cabeça do Cássio eu sinceramente não lembro, mas a falta do Leandro Eusébio foi pra parar a jogada. Como ele já tinha amarelo e o Cuca não quis substituí-lo...