sábado, 24 de março de 2012

Normalidade


Cruzmaltinos desse planeta,

a correria do trabalho me fez não conseguir comentar o jogo contra o Libertad, e agora tudo que precisava ser dito já foi. Está claro que, mesmo aos 37 anos, o Reizinho da Colina ainda corre como um menino e tem que ficar disponível para todas as partidas possíveis... Mesmo que não jogue o jogo todo, Juninho ainda é capaz de mudar um jogo com seus passes milimétricos e suas patadas mortais. O Maestro também dá classe ao meio campo e a velocidade que o time perde com os dois coroas é facilmente recuperada com Allan e Rômulo. A atuação vascaína criou um daqueles problemas bons para Cristóvão: ainda temos que esperar a volta de Diego Souza... Só sei que minha paciência com Barbio se esgotou. O menino errou tudo que tentou na quarta-feira e mostrou que - pelo menos por enquanto - é jogador de Expressinho... Porém, tenho certeza de que terei que aturá-lo no time titular de nosso teimoso suplente de treineiro por um bom tempo...
Com a vitória, ficamos em uma situação cômoda. Estamos empatados com o Libertad, perdendo somente no terceiro critério de desempate, que é número de gols marcados fora de casa. No entanto, o Vasco joga as duas últimas partidas fora de seus domínios, o que significa que todos os próximos gols serão fora de casa. Um empate entre Alianza e Nacional no próximo jogo, em Montevideo, nos deixa com a classificação bem próxima. Mais uma vitória, ou mesmo dois empates, devem nos colocar na próxima fase. Bela hora para o time ir pegando cara, não?


Não adianta. Eu vejo o time jogando de azul e não consigo ver o Vasco. A menos que a companhia aérea seja a nova patrocinadora, não tem cabimento usar esse uniforme. Vi em várias lojas para vender e os detalhes deixam o que é feio de longe ainda mais medonho de perto. O departamento de marketing diz que as vendas vão de vento em popa, mas andando pelas ruas, não se vê um cruzmaltino com a variação de camisa. No último jogo, tinha promoção pra comprar a camisa e ganhar o ingresso. Sinal de que as coisas não vão tão bem assim...

4 comentários:

Cocada disse...

A camisa é horrorosa realmente. Mas no estádio tava lotado de camisas. Ou seja, tem bobo pra tudo.

JTVascao disse...

Eu tenho a camisa. Portanto sou um bobo.

El Rafo Saldaña disse...

Caras,

eu moro no Rio e vejo direto nas lojas, mas NUNCA vi uma dessas na rua...

Até acredito q tenha vendido, mas o departamento de marketing falar que é "sucesso" é uma piada...

Marcelo Braga disse...

Aluno aplicado esse Juninho, hein! Aprendeu direitinho.