terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Modinha

Cruzmaltinos desse planeta,

parece que nossa fornecedora de material esportivo só trabalha bem em anos ímpares. No ano passado, fomos brindados com uma bela camisa preta e branca em homenagem à luta do Vasco contra o racismo nos anos 20. Esse ano, teremos uma camisa 3... AZUL! Isso mesmo, vazou ontem na internet uma foto do novo uniforme alternativo do Gigante da Colina, e hoje a Penalty confirmou que se trata mesmo da camisa nova.


E aí vem a pergunta: Dói usar as cores do time? Machuca respeitar o estatuto do club? Como já li pela internet, a única justificativa plausível para o uso da cor azul é agradar o patrocinador. De resto, não faz o menor sentido. Eu gosto da cor, mas não tem a menor conexão com nada que tenha ocorrido em toda a história do Vasco, e sequer na história de Portugal (se forem dizer que é uma homenagem à bandeira do estado do Rio de Janeiro, o azul teria que ser BEM mais claro). Além disso, o design é de uma falta de criatividade tremenda. Parece que estão somente reaproveitando os encalhes da coleção de 2010, que já tinha me desagradado.
Essa modinha de que o terceiro uniforme tem que ser "muderno" trouxe uma marca que nada entende das tradições do clube (a Cavalera) para desenhar nossas camisas. Aí já viu, é camisa para os modinhas. Mais uma que será esquecida em alguns anos. Uma pena.

PS: O departamento de marketing da Penalty também está "de parabéns"! Quarto ano seguido que a "camisa-surpresa" da temporada vaza antes da hora. Competência nota 10! 



2 comentários:

JTVascao disse...

Então você sugere uma 3ª camisa branca com faixa diagonal preta? Pô, esses uniformes têm que ser assim mesmo. O Barcelona já teve camisa laranja, verde. O Real Madrid tem uma vermelha!!
O único problema dessa camisa é a falta de criatividade. É a mesma ideia da de 2010.
Mas tem que ousar mesmo. Fica todo mundo falando de marketing, aumento de receitas, etc, aí quando vem um negócio diferente descem a lenha?

El Rafo Saldaña disse...

O 3o uniforme do ano passado era completamente diferente e era preto e branco. Dá pra ousar, fazer coisas diferentes e não descaracterizar o uniforme. O Vasco é uma instituição, não é um clubinho tipo Real e Barça.